adv730

adv730

1ª Marcha do Orgulho Crespo SP

27 outubro 2016

Donas de suas coroas, expressas pelo cabelo crespo, centenas de jovens mulheres, senhoras e crianças tomaram a Avenida Paulista, em São Paulo, durante a 1ª Marcha do Orgulho Crespo, realizada em 26 de julho de 2015. Organizada pela Hot Pente e pelo Blog das Cabeludas, o evento reuniu cerca de mil pessoas em celebração ao dia de Teresa de Benguela, líder quilombola brasileira, quando se comemora o Dia Internacional da Mulher, Latino-americana e Caribenha e em valorização da estética afro-brasileira.

A concentração aconteceu no vão do MASP, famoso ponto turístico da cidade, para lembrar a sociedade de que as mulheres, especialmente as negras, estão SIM, aos poucos, dando um basta aos padrões eurocêntricos estabelecidos historicamente e que não estão dispostas a se calarem diante das diversas manifestações de racismo, em todas as suas esferas.

Este mesmo vão foi ocupado por mulheres de várias regiões da cidade, suas belezas e suas vozes. Ali, uma roda e um megafone foram suficientes para compartilhar relatos pessoais acerca de situações de preconceito em relação ao cabelo crespo/cacheado. Amparadas pelo coletivo, seguiram em direção à Rua da Consolação para tomarem as ruas em que cotidianamente lidam com a violência estética e racial naturalizada pela sociedade.

À frente da Marcha do Orgulho Crespo, a rapper Karol Conka, que seguiu junto a outras jovens negras em direção à ocupação artística Casa Amarela. Lá, o abrigo e o convite free para a celebração deste encontro inédito, com bate-papo, oficinas, empreendedoras negras e discotecagem de hip hop.

A programação teve participação de diversas mulheres empoderadas, pesquisadoras e formadoras de opinião, que somam e fortalecem o movimento Orgulho Crespo, como: Diane Lima (NoBrasil), Magá Moura (blogueira), Jarid Arraes (escritora), Jessica Cerqueira (Anastácia Contemporânea), Celinha Reis (Pesquisadora), Paola Ferreira (Tranças), Márcia Turbanista (Turbante), Michele Fernandes (Turbantes Boutique de Krioula), Loo Nascimento (Dresscoração), Kelen Lima (Miscê), Juliana Barbosa (DJ), Miria Alves (DJ), Larissa Isis (Fotógrafa), Isis Carolina Vergílio (Casa Fora do Eixo) e Eliane Dias (empresária do grupo Racionais).

Para além do estético, a 1ª Marcha do Orgulho Crespo possibilita caminhos em prol de um movimento contra o racismo e a qualquer tido de discriminação a partir da estética negra, especialmente no que diz respeito aos cabelos. E que tem por finalidade absoluta a valorização da identidade negra, da autoestima, do resgate à ancestralidade e a livre expressão dos cabelos crespos, sobretudo das mulheres, como forma de empoderamento, visando a não censura e/ou a ridicularização das mesmas por parte da sociedade, sendo assim respeitadas em todas as suas vertentes e espaços.

 

Curta a nossa página no facebook

Pinterest

Top